Depoimento de quem já fez o curso

Achei o curso excelente, deu-nos grande sensibilidade no que tange a sustentabilidade,adorei fazer este curso. A Anna Frota, minha tutora foi sensacional, nota 10 para ela.Agradeço a todos que colaboraram para que, todos pudessem concluir este curso com sabedoria.

17/10/2013
Elza Rodrigues
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

São muitas as iniciativas, para proteger a vida do planeta e de todas as suas riquezas naturais. Infelizmente os meios de comunicação não divulgam as pequenas iniciativas, as pequenas atitudes que na verdade vão salvar o mundo.

06/09/2013
Maria de Fátima Palioto
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Assisti todos os vídeos e gostei muito, pois veio acrescentar e somar o conhecimento sobre a Sustentabilidade!!!

01/09/2013
Isabel Cristina Guilherme Martins
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Os materiais de apoio nos possibilitam refletir sobre a seguinte questão: Entender/solucionar os problemas ambientais brasileiros é uma tarefa muito complexa, visto têm relação com as formas tomadas pelo desenvolvimento capitalista no Brasil, sobretudo pós-1964, que se manifestam em uma série de questões correlatas como a crise econômica - a recessão, o desemprego, a inflação, a dívida externa, a dívida interna, etc - a crise social, que é uma crise estrutural, gerando desigualdades, pobreza, marginalidade etc. e a própria crise moral, que atinge particularmente o poder público. A estratégia de "desenvolvimento" adotada no Brasil, divorciada da variável socioambiental, tem agudizado o processo de degradação dos recursos naturais, da qualidade de vida, seja na área urbana, pela desordenada ocupação do solo, motivada pela especulação imobiliária, pela grande deficiência do saneamento básico, etc. seja na área rural, pela excessiva concentração da propriedade fundiária e pelos incentivos/subsídios a uma agricultura capitalista, orientada para a exportação em detrimento de culturas alimentares, por exemplo.

28/08/2013
Zilda dos Santos Kuritza
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Penso que o trabalho com os alunos poderá ser enriquecido com o material do curso. Realmente para que essas ações concretas possam ser vistas por nós temos que trabalhar muito com eles em sala e fazê-los perceber a importância da teia da vida. um grande abraço!

27/08/2013
Ana Paula Wessler Santos
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

A partir do que estudamos nesse módulo podemos concluir que todos nós podemos praticar a sustentabilidade, desde o cidadão no espaço da sua casa até a uma empresa multinacional. "`A escola cabe desenvolver nos alunos o respeito e a solidariedade à diversidade e a toda forma de vida, convertendo esses sentimentos em ações concretas visando transformar todos espaços frequentados por eles.

27/08/2013
Marli Rodrigues de Campos
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Quando se fala em sustentabilidade, infelizmente muitos ainda não tem este conceito bem formado. Este curso por exemplo, o vejo como uma brilhante iniciativa para que nós professores possamos nos aprofundar neste tema e ampliá-lo em nossas aulas. Fico bastante preocupada com as geraçoes futuras, pois hoje ainda podemos usufruir de muitas belezas , de uma natureza que nos oferece os recursos de que precisamos, sabemos sim, que infelizmente algumas coisas ja estao começando a nos faltar, mas e amanhã. Seria importante que as pessoas começassem a tomar realmente uma maior consciencia.

27/08/2013
Ana Paula Wessler Santos
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Fico triste em ver que muitos ainda não sabe o que é sustentabilidade, não percebem que para sobrevivermos é necessário uns dos outros, que a sustentabilidade não se faz sozinha. É um longo caminho a percorrer, mas acredito que todos juntos conseguiremos.

24/08/2013
Luciana Do Carmo França Barbosa
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Conheci o vídeo "A história das coisas" há muito tempo, porém adorei assistí-lo novamente. Gostei bastante do material impresso. Penso que a tarefa do primeiro módulo demandará esforço e um bom tempo disponível para pesquisa. Abraços.

20/08/2013
Iolanda Maria Rossato Bravim
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Nosso cotidiano está envolto a muitas correrias! Do amanhecer ao anoitecer há muitas correrias! Do início ao término de um dia há muito tempo para se pensar nas ações que contribuem para preservação de um ambiente Sustentável!

13/08/2013
Naim Machado de Aguiar
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Esta é uma oportunidade onde todos possam aprender e inserir este conteúdo como mediador educacional através de grandes projetos.

10/08/2013
Elza Rodrigues
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

Realmente é muito bom participar de um novo curso, aprender mais. Espero que possamos concluir todos essa nova etapa de conhecimento. Um abraço a todos!

10/08/2013
Elisângela Casale Marquioto Prado
SALA 35 – Prefeitura de Maringá

“Pessoal muito obrigada pela oportunidade de nos encontrarmos e discutirmos algumas ações educativas voltadas ao meio ambiente.”

13/06/2012
Fabiana Ap. Pavan Lazagna
Prefeitura de Santa Bárbara D'Oeste

“Quando iniciei o curso não pensei que os textos e as atividades propostas fossem me levar a reais reflexões sobre o tema proposto. Parar para ler, pensar, redigir sobre questões que estão presentes em nosso cotidiano, em nossa casa, em nossa escola, em nosso bairro, me fizeram perceber o quanto estava sendo falha em algumas atitudes, porque muito se fala sobre sustentabilidade, mas pouquíssimo se faz efetivamente. Alguns pequenos hábitos negativos já mudei e espero contribuir com um mundo verdadeiramente melhor".

10/06/2012
Iria de Fátima Flório
Prefeitura de Sorocaba/Sala 12

“Através dos textos do módulo II percebi mais uma vez que "a corda arrebenta do lado mais fraco", as classes mais desfavorecidas, os países mais pobres são os que mais sofrem com catástrofes da natureza causadas pelo aquecimento global, porque os ricos tem mais condições de se reestruturar depois delas e se prevenir de tais danos, mas em se tratando de males causados ao planeta, todas as classes sociais precisam se conscientizar que ele é nosso lar!"

09/05/2012
Rosana Gertrudes da Silva
Prefeitura de Sorocaba/Sala 15

“Pessoal, após ler os textos do curso, refleti bastante sobre medidas que somos capazes de fazer, exercendo nosso papel de educares que somos, para levar adiante nossos conhecimentos aqui adquiridos e socializá-los seja em casa, na escola e nas respectivas comunidades. Podemos não ser tão bem remunerados mas ainda há quem nos valorize e somos formadores de opiniões, podemos fazer uso benéfico disso e contribuir para o nosso planeta que pede socorro!!!"

09/05/2012
Renata Diniz Tomacelli
Prefeitura de Sorocaba/Sala 15

“Gostei muito dos textos. Ao realizar as atividades tive oportunidade de fazer uma relação entre teoria e prática. Sei que tal empresa é sustentável, coisa e tal, mas nunca tinha realmente parado para analisar uma empresa com a oportunidade que a atividade avaliativa possibilitou."

06/05/2012
Ana Rosa Rezende
Prefeitura de Sorocaba/Sala 11

“Gostei dos textos apresentados e ao fazer a atividade proposta pude refletir em relação as dimensões da sustentabilidade. Estarei prestando mais atenção nos produtos consumidos. Considero relevante observar, antes de comprar cosméticos, as empresas que em sua produção, não utilizam testes em animais e fazem observância das normas de segurança, demonstrando a formulação de políticas sérias e de respeito a todos os tipos de vida."

04/05/2012
Edmara Aparecida Parra Melati
Prefeitura de Sorocaba/Sala 11

“Amei os textos e materiais disponibilizados no primeiro módulo. Fiquei muito reflexiva da nossa responsabilidade enquanto seres humanos e educadores como transformadores do nosso meio e a tamanha influência que podemos ter com o nosso meio e com todos os seres vivos. "

03/05/2012
Ana Paula Venâncio Gonsales
Prefeitura de Sorocaba/Sala 11

“Gostei muito dos textos apresentados. Compreendi melhor algumas questões que só sabia pelo senso comum. Agora nossa responsabilidade é maior, pois devemos levar as informações a nossos educandos. "

29/04/2012
Elisete Proença Kocks
Prefeitura de Sorocaba/Sala 11